Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

X
20 Anos

A Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento (entidade promotora) iniciou EM 1998 a sua intervenção com a formação no âmbito do Programa INTEGRAR, do IEFP, I.P..

Posteriormente, desenvolveu intervenções no âmbito do Programa de Luta Contra a Pobreza em 2002 e o PROGRIDE – Programa para a Inclusão e Desenvolvimento em 2006, seguindo-se o Programa de Apoio e Qualificação à Medida PIEF- Programa Integrado de Educação – todos sob a tutela e financiamento do ISS, I.P..

No âmbito da prevenção das dependências, nomeadamente na Prevenção Primária das Toxicodependências, foram desenvolvidos projetos de intervenção (Planos Municipais, Programa de Intervenção Focalizada, Programa de Respostas Integradas – sob a tutela do então Instituto da Droga e Toxicodependência, I.P.).

A UNIVA – Unidade de Inserção na Vida Ativa, criada em 2003, evoluiu para um Gabinete de Inserção Profissional – GIP - do IEFP,I.P. desde 2009, o qual se mantém atualmente.

Desenvolveu ações com o ACIDI – Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. (atual ACM, I.P.) com o Programa Escolhas, 4ª geração – crianças e jovens em risco e atualmente mantém, desde 2004, o Apoio à Integração do Imigrante, tendo já realizado um Estudo Concelhio no âmbito do Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros e Promoção da Interculturalidade a nível Municipal. Com candidaturas no âmbito do FEINPT – Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros, a Associação foi entidade parceira da Câmara Municipal de Castelo Branco no desenvolvimento do projeto “Unir Culturas”, com o objetivo de criar Equipas Municipais de Mediadores Interculturais no âmbito do MISP – Mediação Intercultural em Serviços Públicos.

Desde 2006 que possui um Gabinete de Apoio à Vítima de Violência Doméstica, sendo o atual Núcleo Distrital de Apoio à Vítima, desenvolvendo apoio direto às vítimas e seus familiares, assim como ações de sensibilização da igualdade de género e campanhas de prevenção da violência doméstica e bullying. Complementarmente, de 2009 a 2012 desenvolveu os projetos Bem me Quer e Bem Me Quer2 Agir e Prevenir na Violência Doméstica, enquanto entidade beneficiária de duas candidaturas do POPH/QREN, Eixo Prioritário 7 – Igualdade de Género, com a tipologia 7.3 – Apoio Técnico e Financeiro às ONG. Também no POPH/QREN, candidatou-se em 2008 ao Eixo Prioritário 6 – Cidadania, Inclusão e Desenvolvimento Social, onde desenvolveu 2 cursos de formação para a Inclusão, junto de pessoas desempregadas e a usufruir do Rendimento Social de Inserção.

No campo do desenvolvimento comunitário, entre 2011 e 2012 a Associação desenvolveu um projeto financiado pela Fundação EDP, no âmbito do Programa EDP SOLIDÁRIA BARRAGENS 2010. Este destinou-se a apoiar e atuar nas competências (pessoais, familiares, sociais e profissionais) das famílias do concelho de Castelo Branco com necessidades de inclusão social e integração socioprofissional, com a criação de oficinas comunitárias, uma loja de comércio justo, escola de alfabetização, entre outros, com a metodologia de avaliação baseada no SROI – Retorno do Investimento Social.

Para além de estruturas de apoio social e familiar, efetua a gestão de um Gabinete de reabilitação socio habitacional e, por último, a Universidade Sénior Albicastrense, desde 2005, atuando ao nível do envelhecimento ativo.

Toda a nossa intervenção de inclusão social e comunitária não seria possível sem a nossa estimada rede de parceiros, as quais agradecemos a confiança e a partilha de informações durante estas duas décadas. Entre os quais: a Câmara Municipal de Castelo Branco, Centro Distrital da Segurança Social de Castelo Branco, Agrupamentos de Escolas de Castelo Branco e Alcains, Casa da Infância e Juventude, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Juntas de Freguesia, Associações de Bairro de Castelo Branco, Policia de Segurança Publica, GNR, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Instituto do Emprego e Formação Profissional, Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, Centro de Respostas Integradas, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Biblioteca Municipal, Autoridade para as Condições de Trabalho, Unidade Local de Saúde, Segurança Social, Instituto Português do Desporto e Juventude, ACIDI, I.P.( Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural), Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, entre outras.

As nossas parcerias são sustentadas por entidade nacionais, regionais e locais, em todas as áreas de atuação, desde a saúde, à justiça, passando pela educação, forças de segurança, emprego e entidades privadas. A Câmara Municipal de Castelo Branco é o nosso principal parceiro.

Neste sentido, gostaríamos de partilhar todos os programas e projetos que ao longo de 20 anos foram aprovados, desenvolvidos, operacionalizados e avaliados, bem como os nossos financiadores:

Programas e Projetos

1998/2002 - Festival de Cultura Raia Sem Fronteiras (3 edições)
1998/2002 - Programa INTEGRAR: Cursos de Formação
2002/2005 - Programa de Luta Contra a Pobreza: Projeto "Porta Aberta"
2002/2015 - Programa de Luta Contra a Pobreza: "BUS - Espanta Vícios"
2003/2009 - Unidade de Inserção Vida Ativa (UNIVA)
2003/2007 - Programa Vida-Emprego: inserção profissional de ex-toxicodependentes
2003/2004 - Projeto de prevenção primária das Toxicodependências: “ADN - Ação Drogas Não!"
2004/2015 - Centro Local de Apoio aos Imigrantes (CLAI)
2006/2010 - Programa PROGRIDE: Projeto "Semear para Escolher"
2005/2018 (em curso) - Universidade Sénior de Castelo Branco - USALBI - cidade de Castelo Branco
2006/2010 - Programa PROGRIDE: Projeto "Semear para (ES)colher" -1º Gabinete de Apoio à Vítima
2005/2007 - Programa PIEF - Programa Integrado de Educação e Formação, crianças e jovens em risco
2007/2009 - Programa PETI - Programa para a Eliminação do Trabalho Infantil, crianças e jovens em risco
2007/2009 - Programa de Respostas Integradas: "Projeto "Geração +"
2008/2018 (em curso) - Agência do Banco de Tempo, GRAAL
2008/2009 - Curso de Formação "Prestação de Cuidados a Crianças"
2008/2009 - Curso de Formação "Prestação de Cuidados a Idosos"
2009/2011 - Programa de Respostas Integradas: Projeto "A Par e Passo"
2009/2010 - Projeto de prevenção e apoio a Vítimas de Violência: “BemMeQuer"
2009/2010 - Estudo de diagnóstico Concelhio de caraterização da população imigrante
2009/2018 (em curso) - Serviço de terapia da fala nas escolas do concelho
2009/2018 (em curso) - Gabinete de Inserção Profissional (GIP)
2011/2013 - Programa de Apoio e Qualificação à Medida PIEF/PAQPIEF - crianças e jovens em risco
2010/2018 (em curso) - Núcleo Distrital de Apoio à Vítima
2010/2012 - Programa Escolhas de 4º Geração - Projeto: "A Vida a Cores"
2010/2011 - Projeto "Abraçar a Diversidade" - Promoção da interculturalidade a nível municipal

2010/2012 - Projeto "Laços Solidários”, Alfabetização de adultos, Oficina comunitária, Gabinete de Apoio às famílias
2010/2015 - Projeto "Laços Solidários": Gabinete de Apoio Familiar
2011/2013 - Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados (PCAAC)
2012/2016 - Projeto "A Vida A Cores" - ATL
2011/2012 - Projeto “BemMeQuerII" - Prevenção e apoio a Vítimas de Violência
2013/2014 - Espaço LIATEC - oficinas pedagógicas com recurso às novas tecnologias, parceria com AFAF e Cybercentro de Castelo Branco
2014 - Fundo Europeu de Auxílio a Carenciados (FEAC)
2014/2018 (em curso) - Gabinete "Cidade Viva" - Reabilitação sócio habitacional do Centro Histórico e Cívico
2014/2015 - Projeto "Passaporte Global”, Acolhimento, Integração e Valorização da Interculturalidade
2014/2015 - Projeto "Unir Culturas", Equipas Municipais de Mediadores Interculturais (MISP)
2015/2018 (em curso) - Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS): Projeto "CEI: Capacitar, Empreender e incluir"
2016/2017 - Projeto "Passaporte Global II"
2016-2018 (em curso) - Projeto "Bem me Quer +"
2016/2018 (em curso) - Universidade Sénior Albicastrense - Abertura de 5 polos da USALBI: Sarzedas, Santo André das Tojeiras, Cebolais/Retaxo, S. Vicente da Beira e Almaceda
2017/2018 (em curso) - Universidade Sénior Albicastrense - Abertura de 5 polos da USALBI: Lardosa, Alcains, Póvoa de Rio de Moinhos, Louriçal do Campo e Escalos de Baixo
2018 (em curso) - Centro Local de Apoio a Migrantes (CLAIM)
2018/2020 (em curso) - Plano Municipal para a Integração de Migrantes
2018 (em curso) - "Unir Identidades" Cursos de Formação Técnico de Apoio à Vítima (TAV)
2018/2019 (em curso) - Projeto" Semear para INtegrar"
2018/2019 (em curso) - Acolhimento de Emergência para Vítimas de Violência Doméstica
2018/2020 - Projeto "INovar” Competências"

Financiadores dos Projetos

  • Alto Comissariado para as Migrações, I.P.
  • CIG - Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género
  • Fundação EDP
  • Fundação PT
  • Instituto da Droga e da Toxicodependência, I.P.
  • Instituto de Segurança Social, I.P.
  • Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P.
  • Programa Operacional do Potencial Humano /Fundo Social Europeu
  • Programa Operacional Inclusão Social e Emprego/Fundo Social Europeu
Newsletter Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento
Receba em 1ª mão todas as novidades!