Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

X
Crónica: A Voz do Cigano – A Linguagem dos Mais Velhos

30/07/2020

Há alguns anos atrás nós, os ciganos, principalmente os mais velhos, tinham por costume usar uma linguagem e um dialeto muito próprio e apenas percetível pela comunidade cigana, a chamada língua Romani.

No entanto, esta língua tende ainda a ser utilizada pois os mais velhos vão ensinando os mais novos para que a nossa identidade linguística nunca se perca. No entanto, já vai sendo hábito que muitos não ciganos, os “lacorrilhos" como costumamos chamar, também já percebam muito deste dialeto, pois tal como os mais velhos ensinam os mais novos, também os ciganos mais novos ensinam os "lacorrilhos". Então a nossa língua já não será segredo para muitas pessoas, mas para algumas podemos dizer que ainda é, já que muita gente não percebe muito bem quando ouvem ciganos a falar uns com os outros.

Eu também não sei muitas coisas, mas o que sei vou vos ensinar....  

menina = chaborrinha   | dormir = sobar | galinhas = banhim  | é = senhea  | bebe = pibêla     | comeu = alou   | cigano = calon | bonita = acarita | sim = hunga | não = nanais  | água = panhim  | arroz = arcopicho  | quer = camela  | casa = quer    | são = senhelam   | olhos = acais    | queijo = quiral  | ovos = buélos  | sardinha = salbanha | leite = chute | pão = marrom | cebola= runrum | batata = arelaoras | alhos = danhes   | vaca = burim | alface= londim  | nome= alau | laranja = agulhás  | roubar = balabar | tomate= partijana  | pera= pêruna  | figo = béu  | azeitonas = arretalhás | melancia = sandim  | uvas = tracá   | polícia = arcachi | limão = bérrechino | azeite = alâmpio |  manteiga = quil  | carro = berdon  | senhores = payto ou lacorrilhos   | ouro = sanakay | porco = balitchom

 

“Samaritana Marques, Mediadora Municipal e Intercultural”

 

Crónica do projeto InterCOOLturas - Mediadores Municipais e Interculturais (POISE-03-4233-FSE-000036) promovido pela Câmara Municipal de Castelo Branco em parceria com a Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento com o objetivo de apresentar de uma forma simplista as diferentes áreas que compõem o quotidiano do povo cigano e também algumas curiosidades.

Newsletter Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento
Receba em 1ª mão todas as novidades!