Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

X
Semear para Integrar +

O projeto “Semear para Integrar +” surge numa lógica de trabalho de continuidade do projeto “Semear para Integrar” (financiamento FAPE 2018/2019) que permitiu a criação da primeira associação cigana em Castelo Branco, a ACA – Associação Cigana Albicastrense.

O projeto, que visa trabalha a inserção socioprofissional da comunidade cigana residente no município, tem como objetivos:

  • Aquisição de competências para a empregabilidade de elementos da comunidade cigana;
  • Implementação de metodologias de transição para a vida ativa de elementos das comunidades ciganas;
  • Sensibilização para a promoção de experiências em contexto laboral para os elementos das comunidades ciganas;
  • Integração de elementos das comunidades ciganas no mercado de trabalho;
  • Apoio na implementação de negócios sustentáveis;
  • Promoção da sensibilização das entidades empregadoras e acompanhamento dos elementos das comunidades ciganas integrados nas mesmas.

Nesta linha, o projeto é objetivado com a dinamização de um gabinete em itinerância denominado “Gabinete Semear para Integrar” onde se desenvolvem ações de orientação profissional, que consistem na realização de entrevistas e avaliação, diagnóstico de competências e coaching/mentoria que permitem encaminhar o/a candidato/a para uma resposta mais ajustada ao seu perfil.

Caso o perfil do participante esteja alinhado com os objetivos e propósitos do percurso formativo (Agricultura), o mesmo será encaminhado para 450 horas de formação:

  • 75 horas de formação de competências básicas;
  • 75 horas de formação de competências técnicas;
  • 300 horas de formação em contexto de trabalho.

Uma segunda opção de encaminhamento consiste na dinamização de um PEC – Programa de Empreendedorismo Cigano, criado e dinamizado pela equipa de projeto e que se espera vir em materializar num recurso pedagógico.
De forma transversal será também realizado um trabalho de sensibilização junto das empresas, associações empresariais e empregadores, de forma a fazer face a eventuais preconceitos que obstem à integração no mercado de trabalho de elementos da etnia cigana.
Espera-se como meta deste projeto envolver durante os próximos 18 meses, 30 elementos da comunidade cigana e permitir com isso a inserção socioprofissional efetiva de 5 elementos.

Financiamento: POISE Portugal 2020
Candidatura: POISE-03-4233-FSE-000049
Data de Início: setembro 2019 | Data de Fim: fevereiro 2019
Técnica de Projeto: Marlene Ramos
Contactos: semearparaintegrarmais@amatolusitano-ad.pt | 272 325 126

Newsletter Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento
Receba em 1ª mão todas as novidades!