Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

X
2002 - 2005 | Espanta Vícios

O Projecto ESPANTA VÍCIOS foi inaugurado dia 25 de Outubro de 2002, assumindo a Associação Amato Lusitano, através dos seus projetos sociais, a gestão operacional do mesmo, envolvendo vários monitores e professores nas mais variadas áreas.

Este surgiu na sequência de objetivos comuns entre o IPJ e o Projecto «Porta Aberta» - Projecto de Luta Contra a Pobreza para a cidade de Castelo Branco, da Câmara e Associação Amato Lusitano, sendo designado como Clube Bus o Projecto do IPJ e Espanta Vícios, o Projecto do «Porta Aberta». Para o efeito, foi constituído um protocolo entre a Câmara Municipal de Castelo Branco, o IPJ, o Projecto «Porta Aberta» e a Associação Outrem.

Este Projecto implicou o esforço conjunto de todos os envolvidos, incluindo todo o trabalho de recuperação de um autocarro antigo, a sua pintura, o seu mobiliário e equipamento e também a preparação do terreno onde este esteve situado.

Foi num autocarro fixo de 2 andares, onde foram desenvolvidas várias atividades lúdico-pedagógicas por dois professores em mobilidade, e que visou uma educação/inclusão integral de jovens entre os 10 e os 16 anos, sob o lema “Aprender, Fazendo”, contribuindo para o desenvolvimento atividades de tempos livres de forma saudável. Localizou-se precisamente perto de 2 bairros sociais, pensando nos jovens moradores e na forma de proporcionar a sua participação em atividades de sociabilidade pela sua ocupação em atividades lúdicas e saudáveis;

Pretendeu-se que este fosse percecionado pelos jovens como um espaço aberto e informal onde eles se sentissem à vontade. Dispôs de equipamento informático, no piso inferior, que possibilitou a navegação na Internet e a realização de trabalhos escolares, e no piso superior a ludoteca e biblioteca, com a possibilidade de desenvolverem várias atividades lúdico-pedagógicas. O espaço exterior envolvente também permitiu aos jovens a realização de várias atividades desportivas e lúdicas.

Este Projecto teve como objectivos gerais promover a integração social de grupos de jovens de áreas desfavorecidas, melhorar das condições de vida das populações juvenis mais vulneráveis, prevenir fatores de marginalização social, desenvolver as competências sociais dos jovens abrangidos e promover a sua participação cívica. Como objetivos específicos, pretendeu-se prevenir os comportamentos desviantes dos jovens e promover estilos de vida saudáveis, incutindo padrões de civismo, incentivar a motivação escolar e combate ao absentismo e dotar os jovens de apoio pedagógico na realização de trabalhos escolares.

Neste espaço os jovens puderam realizar diversas atividades desde a informática (TIC) aos jogos passando pelas atividades de expressão plástica. Puderam ainda contar com o apoio ao estudo e realização de trabalhos escolares, na vertente lúdica e pedagógica. Os jovens tiveram acesso a todas as atividades de forma gratuita, sendo apenas necessário o preenchimento de uma ficha com alguns dados pessoais, sendo-lhes depois atribuído um número de sócio e entregue o respetivo cartão de sócio. Através das atividades desenvolvidas pretendeu-se desenvolver competências sociais nos jovens frequentadores do espaço.

O projecto teve grande adesão por parte da comunidade a que se destinou, como se pode verificar através do número de presenças diárias verificadas ao longo dos anos em que esteve implementado, ultrapassando em alguns dias os 25 sócios diários, e ainda o elevado número de jovens inscritos.

Ao longo dos anos houve a preocupação de desenvolver atividades que envolvessem a construção de materiais educativos, tendo em conta o cumprimento dos objetivos. O trabalho foi preparado e organizado tendo como meta o desenvolvimento, nos jovens, das capacidades de autonomia, comunicação, responsabilidade, trabalho em equipa e valorização do conhecimento e curiosidade científica.

Newsletter Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento
Receba em 1ª mão todas as novidades!