Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

X
2016 - 2018 | BEM ME QUER + : intervenção de Proximidade

O projeto visa Bem Me Quer + visa, essencialmente, o reforço e consolidação da estratégia de descentralização de serviços de apoio à vítima no distrito de Castelo Branco, por via do reforço de parcerias estratégicas. Atende à necessidade de complementar as respostas existentes para intervenção com crianças vítimas. Objetiva ainda a criação de uma comissão de Proteção ao Idoso. Prevê o desenvolvimento de estratégias inovadoras para a prevenção da violência e promoção dos princípios de igualdade.

O projeto objetiva-se assim, em 6 atividades concretas:

Atividade 1 - construção e implementação de programas de desenvolvimento de competências, em escolas do distrito de Castelo Branco, dirigidos prioritariamente a 60 alunos/as do 1º Ciclo (3/4 turmas). Esta ação encontra-se em curso, abrangendo desde já cerca de 50 alunos/as de 1º ciclo de uma escola no concelho de Castelo Branco.

Atividade 2 - desenvolvimento de ações de prevenção e sensibilização específicas, envolvendo um mínimo de 15 jovens agressores/as, sinalizados/as na comunidade educativa, pelas entidades com competência em matéria de proteção de crianças e jovens ou a cumprir medidas tutelares educativas.

Atividade 3 - capacitação/formação de 2 técnicos/as da equipa do NAV-CB, especializados/as para o atendimento de crianças e jovens vítimas de violência ou expostas a situações de violência.

Atividade 4 - criação e/ou reforço de um mínimo de 3 (e um máximo de 6) estruturas, paralelas ao NAV-CB, para atendimento descentralizado em outros concelhos e/ou freguesias do distrito (que se afigurem como estratégicos em termos de localização, facilidade de acesso e necessidades identificadas. Ao nível do atendimento foram sinalizados e acompanhados, em 2017, 26 novos casos, com origem fora do concelho de Castelo Branco. Na realização de ações de informação/formação realizadas no distrito, foram abrangidos/as um total estimado de 224 beneficiários/as.

Atividade 5 - estabelecimento de uma comissão de proteção ao idoso no distrito em parceria com outras entidades/projetos, visando a identificação e despiste de situações de maus-tratos, neste grupo especialmente vulnerável. Implica também a Implementação de sessões nas freguesias visando a sensibilização para os sinais de alerta das situações de violência e recursos disponíveis. Esta ação encontra-se em curso, com primeira reunião de parceria para constituição da comissão a agendar em Fevereiro de 2018.

Atividade 6 - realização de tertúlias temáticas interdisciplinares, dirigidas a 15 profissionais da área do direito, em que se objetiva a partilha de boas práticas, e o debate sobre atos processuais no crime violência doméstica, com vista ao reforço de medidas de proteção às vítimas e responsabilização/reabilitação de agressores e melhoria da articulação entre as entidades judiciárias. Neste âmbito têm sido realizadas reuniões informais com magistrados para discussão/análise de situações em acompanhamento e revisão e procedimentos de atuação, nomeadamente em matéria de família e menores.

Financiamento: Portugal 2020
Candidatura: POISE-03-4436-FSE-000214
Tipologia: Tipologia 3.16 (Apoio financeiro e técnico a organizações da sociedade civil sem fins lucrativos)
Data de Início: 30-12-2016 | Data de Fim: 31-12-2018
Técnica de Projeto: Rita Nunes

Newsletter Amato Lusitano - Associação de Desenvolvimento
Receba em 1ª mão todas as novidades!